Outras Categorias

15 de fevereiro de 2009

A Imagem de Deus no Homem segundo Calvino

Mais artigos de »
Escrito por: Hermisten Maia
Tags:

No quinto século antes de Cristo, o filósofo sofista grego Protágoras (c. 480-410 a.C.), disse: “O homem é a medida de todas as coisas, das que são enquanto são, e das que não são enquanto não são”. A Renascença se caracteriza pela tentativa de vivenciar este conceito. Neste período houve uma “virada antropológica”. Deus cedeu lugar ao homem, deixando de ser o centro das atenções; o “homem virtuoso” passou a ocupar o trono da história. “O homem pelo homem para o homem”; este é, de certa forma, o lema implícito do Humanismo Renascentista. Este “antropocentrismo refletido”, se retrata no homem renascentista, profundamente otimista no que se refere à sua capacidade; ele se julga em plenas condições de planejar o seu próprio futuro, sua existência individual, aproximar-se da perfeição; tudo está em suas mãos, nada lhe escapa. Marcílio Ficino (1433-1499), considerava o homem como uma “síntese de todas as maravilhas do universo”; ou, na sua expressão, “copula mundi” (“Nexo do mundo”). O homem passou a ser considerado como o centro do mundo, a imagem completa de todas as coisas; o livro da natureza.

Download (PDF, 87KB)



Sobre o Autor

Hermisten Maia





 
 

 
10-marcas-calvino_lawson

10 Marcas Distintivas da Pregação de João Calvino

No livro João Calvino: amor à devoção, doutrina e glória de Deus (Editora Fiel), editado por Burk Parsons, há um capítulo intitulado O Pregador da Palavra de Deus, escrito por Steven Lawson. Aqui está um resumo desse ca...
por Steven Lawson
 

 
 
logo-r1

Calvino publica as Institutas

“Cada folha de grama e cada cor no mundo foram criadas com o objetivo de nos alegrar”, escreveu um homem acusado, muitas vezes, de promover um cristianismo sem alegria. Aqueles que o conheciam bem respeitavam sua pi...
por A. Kenneth Curtis
 

 
 
marca_dagua_banners2

Calvino sobre 1 e 2 Tessalonicenses

A maior parte desta Epístola consiste de exortações. Paulo havia instruído os tessalonicenses na fé verdadeira. Contudo, ao ouvir que as perseguições estavam se intensificando ali,2 ele havia enviado Timóteo na espera...
por João Calvino
 

 

 
marca_dagua_banners

Calvino sobre Judas

Embora houvesse uma disputa entre os antigos a respeito desta Epístola, como sua leitura é útil, e como não contém nada de inconsistente com a pureza da doutrina apostólica, tendo sido recebida anteriormente como autên...
por João Calvino
 

 
 
epistemologia-calvino-ins-fabiano

Epistemologia Religiosa de Calvino nas Institutas

O presente artigo tem a finalidade de apresentar aos leitores, introdutoriamente, alguns aspectos fundamentais da concepção de Calvino a respeito da natureza e características do conhecimento de Deus e do autoconhecimento. A...
por Fabiano Oliveira
 

 
 
esposo-santificado-filhos-santos-calvino

Esposo Santificado e Filhos Santos

Comentário sobre 1 Coríntios 7.14 14. Porque o esposo descrente é santificado pela esposa. Paulo resolve uma dificuldade que poderia deixar os crentes preocupados. A intimidade conjugal é singular, porque a esposa é a meta...
por João Calvino
 

 




0 Comments


Be the first to comment!


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>